25/01/2019: Totia Meireles fala sobre sua personagem em Verão 90: “É o resumo do que o poder e o dinheiro pode fazer”

Foto: João Cotta
Totia Meireles viverá uma personagem bastante complexa em Verão 90. Mercedes, sua personagem, é uma mulher de família abastada, mas não milionária como os Ferreira Lima. Ela é educadíssima, sofisticada e com uma beleza de chamar a atenção. Ambiciosa, ela mirou e acertou no maior herdeiro do Rio de Janeiro, Joaquim Ferreira Barbosa (Alexandre Borges), o Quinzão. Mercedes é uma mulher dominadora, forte, fria, carismática e ao mesmo tempo extremamente inteligente. Em entrevista ao Observatório da Televisão, Totia falou sobre a novela e o que acha sobre o caso do ator José Mayer.
Como foram os anos 90 para você?
“Os anos 90 para mim foi incrível, foi um ano que eu trabalhei muito. E me marcou muito, porque em 91 eu me casei e estou casada até hoje.”
E como está sendo retratar os anos 90?
“A maioria do elenco não tinha nem nascido nos anos 90, então para eles praticamente é uma novela de época. Para a gente também começa a ser época, mas é uma época que a gente viveu. É tão próximo, mas é longe ao mesmo tempo. É uma década que começou a internet, mas na novela não tem nem internet e nem celular. A comunicação acontecia totalmente diferente de agora. A gente se diverte muito com os figurinos que tem um toque dos anos 90.”

Personagem

Nos conte sobre a sua personagem?
“A Mercedes é uma mulher que é o resumo do que o poder e o dinheiro pode fazer com uma pessoa, totalmente para o mal. Ela é muito rica, muito poderosa, dona de hotel e de muitas outras coisas. Ela é casada com o Quinzão, mas ela que comanda tudo e usa todo esse poder para o mal. Para fazer a família parecer sempre bem, para ter a imagem de família perfeita.”
Eles são ricos?
“Eles não são ricos, são milionários.”
O Quinzão e o filho são mulherengos, como fica isso?
“Eu acho que a relação deles é muito moderna, eles sabem o que cada um faz, mas tem um acordo e eles se gostam muito. Não é totalmente aberto o casamento, mas ela sabe que ele pula a cerca e está tudo bem. Mas eu não quero ser humilhada publicamente, então faça, mas faça escondido.”

Beleza

Você falou a pouco tempo atrás que tinha feito botox no rosto, certo?
“Eu faço tudo! Eu faço botox, já fiz preenchimento e vou fazendo as coisas. Fora que ainda tem os cremes. A gente vai ficando mais velha e a necessaire vai aumentando de tantos cremes, mas é tudo para o bem.”
A demissão do José Mayer teve uma repercussão enorme, muita gente falou que talvez a Globo tenha se equivocado nessa questão. O que você acha sobre essa questão?
“É muito difícil avaliar uma coisa estando do lado de fora. Eu não condeno nenhum dos lados, eu não sei exatamente, porque eu já soube de várias vertentes. Já ouvi coisas de todos os lados, boatos de coisas que aconteceram e não aconteceram. Eu não tomo posição a partir do momento que eu não vivi aquilo, não sei ao certo o que exatamente aconteceu. Fico morrendo de pena porque eu acho que o Zé é um bom ator, mas eu não quero tomar posição se a Globo fez certo ou fez errado, eu não sei a relação dele.”
Você acha que ele foi condenado pelo que ele fez?
“Acho que condenado pelo que ele fez, mas o que ele fez? Foi isso o que aconteceu? Eu não estava lá para ver. Eu já ouvi histórias diferentes, então, eu prefiro não julgar se é certo ou se é errado, se ele já pagou eu também não sei.”

Feminismo

Você acha que esse politicamente correto, o feminismo ao extremo, prejudica o próprio movimento?
“Eu escutei uma entrevista que eu achei muito legal, que falou sobre o feminismo. Eu acho que existem mulheres que levantam essa bandeira. Mas hoje em dia as mulheres votam por que? Porque foram essas que ergueram suas bandeiras, deram a cara a tapa. Eu acho o feminismo é muito importante, porque tudo a minoria tem que ir para o extremo para conseguir alguma coisa, então eu acho válido porque temos que lutar pelos nossos direitos. Nós sempre fomos criadas e tratadas como um ser inferior, em tudo e ninguém nunca nos deu ouvidos.
O feminismo é super pertinente, não condeno em hipótese nenhuma, mas eu acho que hoje em dia a gente tem que saber tomar a posição. Temos que tomar posição, falar tudo, mas sem agredir e a gente não precisa seguir em frente pisando nas pessoas. Eu não sou de levantar bandeira, mas eu aplaudo e admiro muito quem faz isso.”

0 comentários: