07/10/2015: Com quase 60 anos, Totia Meireles exibe superpernas no teatro

    A personagem Liliane le Fleur, uma ex-vedete e produtora de um filme vivido pela atriz Totia Meireles na peça "Nine - Um Musical Felliniano", se destaca em cena não apenas pela voz afinada e a coreografia coordenada. Um detalhe chama atenção do público assim que Liliane de despe de sua roupa e fica apenas de maiô: as pernas em forma de Totia. 
      A  boa forma da atriz de quase 60 anos- ela completará 57 anos domingo, 11- , são um show a parte no espetáculo que estreará nesta quinta-feira, 8, no Teatro Clara Nunes, no Shopping da Gávea, na Zona Sul do Rio
Há quem arrisque dizer que suas pernas dão um banho nas muitas à mostra no musical mas, modesta, Totia ri da comparação. "Sou cria do balé. Antes de ser atriz era bailarina, né? E com quase 60 anos a gente tem que correr atrás", avisa.
     O segredo da pernas perfeitas, entrega Totia, são sessões diárias de musculação e aulas eventuais de balé. Pliés e frappés ajudam a moldá-las e mantê-las firmes. "Até hoje faço balé. Quando fui convidada para fazer o espetáculo também fechei a boca, mas ainda não estou no peso dos meus sonhos ", reclama. "Ainda faltam aqueles benditos dois quilos que toda mulher sabe que tem e que luta para eliminá-los. Mas na minha idade também não posso ficar muito magra, senão aparecem as pelancas! (Risos)."
       Nine" é dirigio por Charles Möeller e Claudio Botelho e antes do Rio passou cinco meses em cartaz na capital paulista. Antes do teatro, o espetáculo foi lançado em 1963 no cinema com o título de "8 1/2", do diretor Frederico Fellini, que levou pelo longa o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro.
      O  papel do protagonista, o diretor Guido Contini, é vivido pelo ator italiano Nicola Lama. Ele é o único homem do espetáculo que,  além de Totia, tem também Carol Castro, Malu Rodrigues, Letícia Birkheuer, Karen Junqueira, Sonia Clara e Myra Ruiz.
Clique aqui e assista a um trecho do número Folies Bergère. O musical estreia amanhã ( 08/10) no Teatro Clara Nunes.

0 comentários: