"Sou a vilã que mais apanhou na história das novelas", diz Totia Meireles sobre Wanda

   Foram duas surras de Morena (Nanda Costa), duas de Lucimar (Dira Paes) e uma rasteira da delegada Helô (Giovanna Antonelli). Mas se você pensa que a  vilã Wanda, interpretada por Totia Meirelles, vai ter folga até o fim da novela, no próximo dia 17, sua intérprete conta que Glória Perez reservou mais uma surra para a aliciadora de mulheres, gays travestis e sequestradora de bebês.
   "Ela vai apanhar agora é da Maria Vanúbia [Roberta Rodrigues]. Olha, eu deveria receber insalubridade. Sou a vilã que mais apanhou na história das novelas", avalia aos risos a simpática atriz que, com este papel, ganhou uma notoriedade inédita em sua carreira.
UOL - Você sabia que ganhou o apelido de "Wandala" na internet?
TM - Não sabia! (gargalhadas) O pessoal do elenco sempre vê esses blogs que fazem sátira da novela, mas eu mesma só vi uma vez. Achei muito engraçado!

E o que você acha das críticas à novela, como os erros de continuidade? Outro dia a Wanda apanhou e sangrou em uma cena e na cena seguinte já estava sem nenhum hematoma.
TM - As pessoas se atêm a certos detalhes e não pensam na lógica da coisa. Quando você apanha, a boca corta por dentro e sangra pra fora. Depois você limpa e some.
E essas cenas de surra? Você se machuca muito? Vai apanhar de novo?
TM - Olha, a Wanda vai ter mais um embate com a Morena, mas não vai ser físico. Ela vai levar mais uma surra, mas dessa vez quem bate é a Maria Vanúbia. Agora, essas cenas são sempre muito bem coreografadas. Claro que sempre fica um roxinho aqui e ali. Na última briga com a Lucimar eu quebrei uma unha, sangrou, mas é acidente de percurso. Só teve uma parte que foi com dublê, que na hora em que eu giro pra cair da cadeira. Eu até queria fazer sem dublês, mas eles não deixaram. Disseram que precisavam de mim inteira até o fim da novela. Eu gosto dessas cenas, na verdade, acho estimulante.

Você já fez vários papeis na TV, mas a Wanda é certamente a sua personagem de maior destaque, não?
TM - Eu já fiz vários papeis mesmo, mas a Wanda é minha primeira vilã. Tem uma grande importância na história e, mesmo sendo odiada, todo mundo gosta de ver. Isso é legal. As pessoas me param na rua e dizem que quando ela entra em cena elas param para ver porque sabem que vai acontecer alguma coisa. A Glória escreveu a Wanda muito bem.
E qual a sua participação na construção da Wanda?
TM - Eu fiz exatamente o que a Glória me pediu. Ela disse que queria usar a minha simpatia. "Usa esse sorriso que faz a gente ficar íntima de você em dois minutos", ela dizia. Porque a Wanda precisava ser confiável, pra comprar a família inteira, né? Mas quando ela é desmascarada, ela não tem remorso.

A Lívia [Claudia Raia] sempre critica a ambição da Wanda. Por que ela faz tanta besteira?
TM - Então, não é que ela nunca tenha dinheiro. É que ela acha que ela deveria ter mais. Ela tem visão curta. A Lívia tem uma visão de conjunto, mais estratégica. A Wanda acha que devia ser a líder da quadrilha, mas ela nunca teria capacidade pra isso.

Qual vai ser o final da Wanda?
TM - Não posso contar, né? Só eu e a Claudia recebemos essa cena. Nem a continuísta sabe. Mas eu adoraria que eles [os traficantes] se comessem vivos. O que eu posso dizer é que, nesse final, a Wanda e o Russo [Adriano Garib] se aliam contra a Lívia.





0 comentários: