Por um Mundo Cor de Rose

"...Gypsy exige muito é de sua personagem principal, Mamma Rose. Mas quando digo muito, é MUITO mesmo, caro leitor. Rose é a força motriz da peça toda, é a representação da dedicação, da força de vontade, da teimosia, por vezes da incoerência, e precisava de uma atriz com carisma suficiente para não permitir que o público se virasse contra essa mãe-de-miss que usa suas filhas para subir na vida. E Moeller/Botelho encontraram a atriz certa. Totia Meireles não rouba a cena, ela É a cena. Sua Mamma Rose é intensa, é hilária, é voraz em seus sonhos tão repetidamente falados, é o amor e a gana em mesmo tom, é a prova de que temos artistas que mereciam uma arte maior de que a que nosso país lhes oferece, e graças a todos os santos e anjos Totia teve Moeller e Botelho para lhe abrir essa oportunidade. Já havia visto Totia em Garota Glamour, mas nem se compara a grandeza e a beleza de sua Mamma Rose. Sei que Totia pode nunca ler essa crítica, mas quero deixar aqui registrado que em minha modesta opinião, ela superou Midler e LuPone facilmente."
Trecho da crítica de Raphael Gama.Para ler a crítica completa,clique aqui.

0 comentários: