Após Rio,montagem de "Gypsy" chega a São Paulo

Musical estreia no Teatro Alfa com indicação de Totia Meireles  ao Shell
O crítico de “New York Times’’,Clive Barnes,morto em 2008 atestou em um texto de 1974 que “Gypsy” traz “um dos pouco personagem no gênero musical americano verdadeiramente complexos”
Quem agora apreende o desafio de interpretar sua protagonista,objeto de desejo das grandes estrelas da Broadway,é a Totia Meireles.
Por sua atuação na montagem que estréia no Teatro Alfa,assinada por Charles Möeller e Cláudio Botelho,a atriz concorre ao Prêmio Shell.
Por “verdadeiramente complexo’,entenda-se: a personagem centram ama “tanto” suas filhas que as maltrata cegamente.Mama Rose,mãe de duas meninas é completamente obcecada em levá-las ao estrelato.
Sua flexibilidade a faz cometer crueldades,o que agrava pelo contexto,a crise econômica deflagrada pela Quebra da Bolsa em 1929.
Dessa forma,a peça não esconde esforços para estabelecer,nas letras de Stephen Sondheim com música de Jule Styne,o conflito psicológico do drama não musical.
Seu texto é baseado em uma história real: Mama Rose existiu,seu nome er aRose Hovi.Uma de suas filhas se tornou atriz e a outra firmou carreira como uma das mais famosas strippers americanas de sua época.Gypsy Rose Lee (1911-1970)
(Para ler matéria completa clique aqui ) Fonte: Folha de São Paulo

0 comentários: